Argiloterapia Capilar

O tratamento com argila deixa os fios saudáveis, controla a oleosidade, elimina a caspa, estimula o crescimento e até diminui a queda.

Argiloterapia Capilar

Argiloterapia capilar é a ultima novidade na cosmética mundial depois de provar sua eficácia para o rosto e corpo agora vem se destacando cada vez mais para uso capilar. Para quem ainda não sabe este é um novo método de peeling capilar, que utiliza a argila para desobstruir os poros, efetuando uma limpeza profunda, revigorando e dando brilho aos fios.

A argila ajuda a eliminar as impurezas e células mortas do couro cabeludo e dos fios, dessa forma, combate a caspa e evita a queda, promovendo um crescimento saudável e devolvendo o brilho e força para as madeixas.

Benefícios da Argiloterapia

Os benefícios do tratamento são diversos devido sua ação terapêutica, regeneradora, anti-inflamatória e anti-séptica, além disso é rica em oligoelementos e sais minerais (zinco, cálcio, potássio, ferro, magnésio, sílica e sódio). A argila usada no tratamento é especial, por isso não causa problemas alérgicos sendo indicada para quem tem o couro cabeludo sensível.

Os tipos de argila mais usados são as de cor verde, branca e preta. O método é utilizado com a finalidade de limpar, nutrir e revitalizar, também controla a oleosidade, age como hidratante, possui ação anti-séptica e devolve o brilho e maciez aos fios.

Argiloterapia Capilar como Fazer

O tratamento é tão fácil que pode ser realizado não só em clínicas estéticas como também em casa, mas é necessário que os produtos usados em casa sejam indicados para uso estético (para face, corpo e cabelos), pois a granulação do produto é fracionada especialmente para uso estético e cosmético, com grãos uniformes e arredondados para que não machuque a pele.

No cabelo pode ser usado toda semana e não existe um número exato de aplicações para que o cabelo fique com um aspecto mais saudável. O tempo de uso e a quantidade das aplicações variam de acordo com o estado em que o cabelo se encontra e o número de sessões irá depender de como está à saúde dos fios, não havendo contra-indicação.

Dica: Em casos de cabelos muito oleosos, pode-se utilizar a argila também nos fios, neste caso deve-se aumentar o preparo. Já para cabelos frágeis e quebradiços, é indicado antes do uso procurar orientação de um profissional (cabeleireiro ou clínica de estética).